Não consigo meditar!

Uma das orientações que meus clientes mais me relatam é: “Me falaram para fazer meditação”

E isso gera duas respostas;

1. Eu medito e nada acontece e 2. Eu não consigo meditar.

Eu vou então compartilhar a minha experiência. Meditar para mim é intenção. Sim, é ter a intenção de receber a informação que está faltando para mim num determinado tema.

Para cada um é uma lógica, eu aqui estou compartilhando a minha.

Não tem certo nem errado, tem o que funciona para cada um. Porque eu sou bem prática.

Eu gosto de viver bem, de receber ajuda quando preciso e de estar no comando da minha vida.

Então, meditar para mim é abrir espaço para uma reunião interna.

Por isso que eu chamo a minha meditação de Meditação ativa.

Isso porque ela pode acontecer através de uma corrida, de uma prática de yoga, de cuidar do meu jardim, de dormir bem ou ainda simplesmente fazer uma tarefa que precisa ser feita sem pensar em outros problemas.

Meditar para mim gera insights inacreditáveis. É justamente através dessa intenção que eu consigo trazer as informações precisas que eu necessito a cada momento da minha vida prática! Sim! Vida prática! Porque eu gosto muito de ter resultados que transformam a minha realidade.

A meditação ativa é uma super atividade para oxigenar nosso sistema de pensamentos alucinantes e desativar o circuito condicionado de pensamentos.

Quando interrompemos um pouco a atividade condicionada, o trânsito da outra via tem a oportunidade de acontecer. É aí que atingimos o estado de observador e com isso receber a mensagem que contém a informação que estamos precisando neste momento.

Não desperdice essa possibilidade, é isso que faz a vida parecer uma mágica.

Meditar é acessar a informação que está impedindo você de meditar.

Meditar não é atolar no tema, é usar o tema para receber a informação pontual que você precisa neste momento da sua vida.

Facebook
Pinterest
LinkedIn

Posts Recentes

Fechar Menu