Me Perdi da minha tribo

Viemos todos juntos e estamos nos perdemos um do outro…

O plano é evoluirmos juntos e não nos separarmos através dessa competição insana.

Ou estamos competindo ou ficamos dependentes emocionais um do outro…

É fundamental despertar para o fato de que estamos na era da integração, onde cada um tem a responsabilidade de perceber a sua própria importância no seu contexto. Afinal, somos parte de uma grande equipe de agentes de transformação.

É no movimento da superação que construímos o nosso Legado pessoal. Mas a superação de si mesmo e não do outro.

Superar nossos medos, transformando-os em aliados para sairmos da área de conforto.

Superar nossas raivas, usando essa poderosa energia para construir ao invés de destruir.

Superar nossos condicionamentos, nos abrindo para aprender todos os dias algo novo, que possa transformar a nossa ação.

Enfim, começar a viver para valer.

Usando a nossa capacidade de socialização para expandir o conceito de Team Work.

Fica muito mais fácil e divertido quando nos lembramos que viemos para um trabalho em equipe. E resgatar a nossa equipe interna é o primeiro movimento, para se ter uma equipe externa de excelência.

Quando aprendermos a trabalhar em equipe com as nossas diversas facetas, é que estaremos exercendo a aceitação do outro na essência. Senão é somente uma idealização sem a verdadeira conexão de alma.

E quando estamos caminhando conectados com conceitos idealizados, os relacionamentos não se sustentam. E nós somos seres que temos a necessidade de nos relacionarmos para estarmos em harmonia com a vida. Então, quando falta o espírito de tribo, falta vida.

Tudo começa pelo autoconhecer-se para ser capaz de reconhecer a nossa diversidade interna, e com isso aprender a cada dia aceitar a diversidade externa.

Facebook
Pinterest
LinkedIn

Posts Recentes

Fechar Menu